CRIADO (ABRIL/2009) PARA INDICAR VÍDEOS DE E PARA EDUCADORES, ALÉM DE SUGERIR DIVERSOS RECURSOS TECNOLÓGICOS COM FINS EDUCACIONAIS.
Imagens: 3 filmes indicados aos educadores: A Cor do Paraíso e Filhos do Paraíso, de Majid Majidi (Irã) e Cinema Paradiso, de Giuseppe Tornattore (Itália).

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Filhos do Paraíso: cinema e educação


Sempre que colegas educadores me pedem o nome de um filme, indico Filhos do Paraíso, belíssimo vídeo iraniano do diretor Majid Majidi, que em 1999, juntamente com Central do Brasil, de Walter Salles Jr. e A vida é bela, de Roberto Benigni, disputaram o Oscar de melhor filme estrangeiro, sendo vencedor o filme italiano, da distribuidora norte-americana Miramax. Nada contra o filme de Benigni, que é uma delirante fantasia. Contudo, apesar de ser também escritor de ficção, creio que coisa mais fantástica que a realidade não há.
O filme iraniano é inspirado num fato real: dois irmãos (menino e menina) têm que dividir o mesmo par de tênis velho para irem à escola, visto que o menino, logo no início da película, perde o surrado par de sapatos da irmã, este recém vindo do conserto. Ou melhor, deixa num canto, enquanto compra legumes pro almoço,e um catador de lixo, vendo o péssimo estado dos mesmos, crê que tinha sido largado na rua, como lixo. Pode-se, com esta cena inicial, trabalhar questões como preconceito, discriminação, sociedade.
A partir daí, para fugir do castigo do pai, as crianças passam a dividir o par de tênis surrado do menino com a irmã menor, que estuda pela manhã, enquanto ele a aguarda chegar em casa, para calçar o mesmo par e ir correndo para a escola, no turno da tarde. O diretor da escola, vendo apenas a "ponta do iceberg" começa a ameaçar o menino de expulsão se continuar com os seguidos atrasos, mas é um professor de educação física que vê no aluno um talento natural para o esporte. Ver o todo, conhecer o universo do aluno, às vezes com uma conversa, facilita a estratégia de interação e o processo de ensino-aprendizagem. Avaliar ás pressas, corre-se o risco de apressar a evasão do aluno.
Em função da observação do professor, por conta do corre-corre e troca-troca, o jovem acaba se destacando por sua velocidade e é inscrito numa corrida, onde o 3º lugar é justo um par de tênis novos - para os dois irmãos, muito melhor que os primeiros lugares: viagem à colônia de férias, que eles jamais tinham ido também. Cruel dilema, que não conto o final, evidentemente, para que todos vejam o filme. História tocante, simples e bem contada, mostrando outra faceta do povo iraniano, que comumente têm sua imagem associada pela mídia ao suposto fanatismo religioso, terrorismo e a opressão.
Também do mesmo diretor, recomendo o filme A cor do paraíso, já destacado pelo Educa Tube, que pode ser utilizado na educação e na educação especial.
Os interessados podem assistir o vídeo no link abaixo (e quem tiver Real Player instalado, poderá também baixá-lo):

FILHOS DO PARAÍSO

6 comentários:

  1. Desculpe a interferência, professor José Antonio! Mas gostaria de contribuir com uma retificação acerca dessa obra. Por indicação de sua página - assisti o filme "Filhos do Paraíso" e, pelo que vi, os irmãos tiveram a ideia de compartilhar o único par de tênis(do menino Ali), ou seja, não foi o pai que mandou eles fazerem isso.Eles esconderam dos pais o fato da perda do sapato.Um dos motivos foi para evitar o castigo que o pai poderia dar ao menino. Um abraço e o desejo de que continues inspirando muit@s educador@s!!! Atenciosamente, Lore Gomes (professora de séries iniciais em Novo Hamburgo)

    ResponderExcluir
  2. Cara prof. Lore, realmente, revendo a cena citada, cometi um engano... quanto a questão do par de tênis, o que amplia mais a questão, pois não se trata mais de castigo e sim de decisão de compartilhar, dividir, o que do ponto de vista educacional é melhor ainda para trabalhar a questão...
    Grato pela retificação e pela visitação. Um abraço, Zé Roig.

    ResponderExcluir
  3. Amei esse filme ,muito lindo e também um filme da vida real pra muitos que querem ter um mundo de outra forma ,filme exemplar .Assisti a muito tempo ,más esses dias andei a procura dele na net e achei ,maravilhoso ,poi gostaria de ter em dvd ou que repetir em tv .Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rizolene. Este filme é maravilhoso mesmo e podes te-lo em teu pc bastando instalar o programa aTube Catcher. Procure no baixaki u no google, e poderás copiando e colando a URL do vídeo no you tube, baixar o mesmo em variados formatos de vídeo. Qualquer coisa me mande um email para joseroig7@hotmail.com que eu te explico melhot. Um abraço,

      Excluir
  4. Esse filme é de uma sensibilidade incrível... O Balão Branco também merece um artigo! Parabéns pelo blog, adorei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Manoela. Conheço O Balão Branco e é ótimo mesmo! Pode deixar que assim que puder farei uma resenha/artigo. Um abraço e grato pela visita e comentário. :-))

      Excluir